Suspensão temporária de serviços ajuda na economia de quem fica longe de casa por um mês ou mais

Suspensão temporária de serviços ajuda na economia de quem fica longe de casa por um mês ou mais

Muitos consumidores se perguntam se podem suspender alguns dos serviços continuados, como telefone, internet, TV a cabo e até energia elétrica, quando ficam fora de casa por um período muito longo. Esta possibilidade realmente existe e pode garantir uma certa economia, principalmente se a casa permanecer fechada, seja durante as férias, seja em uma viagem mais longa a trabalho ou por algum outro compromisso que tenha de se ausentar.

Para isso, a Boa Vista pesquisou como proceder em cada um dos casos e tem dicas para que o consumidor avalie como solicitar a suspensão provisória de serviços continuados.

Serviços de telefonia

A suspensão temporária dos serviços regulados pela Anatel (telefone fixo, celular, internet e TV por assinatura) pode ser solicitada uma vez por ano, pelo período de 30 a 120 dias. Para obtê-la, o consumidor precisa estar em dia com os pagamentos e ter mais de um ano de contrato.

O pedido deve ser feito diretamente ao SAC da empresa fornecedora do serviço, e é importante que o consumidor guarde o protocolo de atendimento, caso necessite contatar novamente a empresa por este assunto.

As empresas, conforme determinação da Anatel, não podem cobrar taxa de suspensão nem de reativação. Após a solicitação do assinante, a empresa tem até 24 horas para atender ao pedido.

Água

No caso da conta de água, o consumidor pode entrar em contato com a companhia concessionária de sua região para verificar a possibilidade do pedido de suspensão e saber quais são as condições, já que cada empresa tem políticas diferentes sobre a suspensão temporária de seus serviços.

Alguns consumidores que vão ficar ausentes por longo período de suas residências optam por pedir a suspensão do fornecimento e a religação após o retorno. Como algumas empresas cobram taxas para suspender e religar, vale comprar com a economia mensal que terá por não pagar o mínimo da conta, antes de se decidir.

Energia Elétrica

Com relação à energia elétrica, assim como no caso da água, a melhor opção é pedir o desligamento e a religação. Também é importante checar com a companhia distribuidora de energia se há taxas para a interrupção e para o reestabelecimento do serviço. Se os valores compensarem, a empresa tem até três dias úteis para desligar e seis dias úteis para religar. Para pedir essa suspensão, o consumidor precisa estar com a conta de luz em dia.

Um jeito mais simples, neste caso, é o próprio consumidor desligar o disjuntor geral da casa, sem esquecer dos alimentos conservados em geladeiras e freezers. Caso tenha algo, o melhor é consumi-lo antes para não desperdiçar.

Outros serviços

Se houver a necessidade de ficar longos períodos fora do domicílio, o consumidor precisa verificar se é possível pedir também a suspensão temporária de outros serviços que têm assinatura ou são contratados, como academia, cursos, assinaturas de revistas e jornais. Para estes, a primeira providência é olhar o contrato e ver se há alguma cláusula que possibilita a suspensão temporária.

Caso não exista referência no contrato (ou se não tiver o contrato) sobre o assunto, o ideal é contatar a empresa para saber se existe essa possibilidade, por quanto tempo, se há taxas para isso e o que precisa fazer para pedir a interrupção e a reativação.

Fonte: Boa Vista

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Fale Conosco